O Processo de Tingir Têxtil

O tingimento é um processo químico que consiste em modificar a cor da fibra têxtil através da aplicação de matérias coradas, por meio de uma solução ou dispersão.

Para que ocorra o tingimento é essencial que haja agitação mecânica, que a temperatura seja adequada e que o banho possua produtos auxiliares adequados ao sistema corante/fibra.

 

Equipamentos para tingir

Os equipamentos para tingir devem satisfazer às seguintes condições:

  • provocar agitação suficiente do banho e/ou do substrato têxtil de forma que haja penetração uniforme
  • devem dispor de mecanismo para aquecimento progressivo do banho:
    • As máquinas de tingimento são, quase sempre, aquecidas por meio de vapor.
  • devem possuir dispositivo de adição para que o corante seja diluído antes de entrar em contato com a fibra
  • devem possuir válvulas de entrada e saída para a rápida entrada e saída dos banhos

A altura e o diâmetro do tanque principal chegam até ou acima de 2 metros. A altura total do cilindro é aumentada pela presença da bomba, que é colocada na base do cilindro.

Em ordenação do processo de tingimento, os equipamentos necessários para o maquinário são:

  1. Fluxo direcional dentro para fora através das embalagens para baixos níveis do banho.fluxo direcional para indústria têxtil
  2. Dispositivo de pressão para fechar as amostras.
  3. Tampa de pressão com acionamento rápido
  4. Válvula para aliviar a pressão.
  5. Unidade que reversa o fluxo (somente para tanques cheios)
  6. Trocador de calor feito de serpentinas fechadas
  7. Válvulas de controle do fluxo
  8. Unidade de bomba que é acoplado diretamente para o tanque principal.
  9. Bomba secundária
  10. Esfriador do banho (isolável)
  11. Válvula do isolamento do esfriador
  12. Válvula do isolamento do tanque de adiçãoválvula de isolamento para tingir
  13. Ponto de pressurização do ar comprimido.

 

A M&S fornece cada uma dessas soluções, entre em contato com nosso time de especialistas para mais informações ou para solicitar uma cotação! Você também pode clicar no ícone do WhatsApp em sua tela para uma resposta imediata.

 

As bombas

A bomba principal é fixada à base do tanque principal, usualmente no centro, para minimizar a perda de fluxo pela fricção. A bomba é dirigida por um motor através de uma correia em forma de “V”. O tamanho do motor varia entre 5 KW por 100Kg do fio, dependendo do fluxo máximo necessário.

Quase todas as máquinas de tingimento por empacotamento são pressurizadas por meio de uma pequena bomba secundária operando ao lado da entrada da bomba principal. Essa bomba secundária recebe o liquor do tanque de expansão e injeta para alimentar a bomba principal. Esse sistema também é usado para adicionar corantes ou auxiliares ao banho.

 

Para a secagem

O método tradicional de secagem das embalagens de fios após tingimento era pela remoção do excesso da água pela centrifugação num hidroextrator, em seguida secada com ar quente. Essa operação dura mais ou menos 24 horas e a máquina ocupa muito espaço.

Com o aumento da carga que pode ser tingida nas máquinas de embalagens, foram desenvolvidos secadores para atender a uma carga completa que ainda está no porta material após o tingimento.

Os dutos de diâmetros grandes ajudam a minimizar as perdas friccionais e o soprador tem que ser bem muflado para restringir o barulho. A temperatura do ar que entra pode ser controlada de acordo com o tipo de fibra secada, e o ar frio é passado para resfriar o fio após a secagem.

 

Ficou com alguma dúvida ou precisa de algum maquinário pro seu processo de beneficiamento têxtil? Entre em contato com nosso time, ou clique no ícone do WhatsApp em sua tela para retorno imediato.

Deixe uma resposta